Onde Vender Eletronicos Quebrados Em Salvador?

Como vender meu lixo eletrônico?

Para isso o correto é procurar uma empresa que realize a reciclagem de lixo eletrônico e que tenha a solução ideal para a correta destinação desses resíduos, com processos que garantem que todas as possibilidades de recupera&cc

Onde vender eletrodomésticos quebrados?

Especificamente no caso de microcomputadores, para aqueles que estão em São Paulo é só entrar em contato com organizações voltadas à reciclagem de eletrônicos, como a ONG Oxigênio ou a Rede Meta Reciclagem, essas associações aceitam também equipamentos que estiverem quebrados ou em mal-funcionamento.

Quanto custa o lixo eletrônico?

A empresa de Oliveira cobra a partir de R$ 0,40 por quilo de material recolhido. Se for para rastrear e destruir arquivos, esse valor pode chegar a mais de R$ 2 por quilo. Segundo o empresário, com R$ 50 mil dá para montar uma pequena empresa de recolhimento de lixo eletrônico.

Quanto custa o kilo da sucata eletrônica?

Vendidos como sucata, os eletrônicos valem pelo quilo de equipamento, que custa por volta de R$ 0,25 a R$ 0,30.

Onde achar lixo eletrônico?

Uma empresa que faz o descarte correto para o e- lixo é a PARCS que é especializada na manufatura reversa de resíduos eletrônicos, você pode levar seu lixo eletrônico para a Parcs e, caso faça seu cadastro como empresa, descrevendo os resíduos eletro eletrônicos que deseja descartar, ela agenda a coleta sem custos.

You might be interested:  Alimentos E Bebidas Que Dão Energia?

Como vender meu lixo?

Mercado de Resíduos é uma plataforma eletrônica de oferta e busca de resíduos. Utilizando-o você terá como vender resíduo, mas também poderá trocar e comprar, além de contratar fornecedores para transporte e tratamento.

Quem compra o lixo eletrônico?

Empresas que compram lixo eletrônico

  • E-Ambiental / Juiz de Fora – MG. Reciclagem de material eletrônico. COTAR AGORA.
  • Ecoplast / Brasilia – DF. Espelho convexo de segurança.
  • Teknoval Indústria e Comércio Ltda / São Bernardo do Campo – SP. Lixeiras de coleta seletiva.
  • Ecoplast / Brasilia – DF. Caixas plásticas para padarias.

Como ganhar dinheiro com o lixo eletrônico?

A Descarte recolhe de 300 a 400 quilos por mês de e- lixo. “Para iniciar um negócio pequeno, com uns R$ 20 mil consegue, se já tiver carro e um local de armazenagem”, diz Lourivaldo, que diz tirar cerca de R$ 3 mil a R$ 4 mil ao mês.

Quem compra eletrodomésticos velhos?

Procure no site da sua prefeitura o Ecoponto mais perto de você. Algumas cidades também têm empresas que recebem doações, como o Exército da Salvação. O serviço vai até a casa dos clientes, retira sua geladeira, televisor ou impressora, por exemplo, que não funciona mais, e encaminha os itens para bazares beneficentes.

Onde doar geladeira?

Basta ligar para o serviço de Descarte Ecológico pelos telefones 3156-4340 (São Paulo) ou 0800-777-7243 (Grande São Paulo). A Ecoassist, que é uma empresa parceira, busca o material coletado e o leva para um galpão, onde é encaminhado para doações ou para reciclagem.

Onde doar eletrônicos quebrados?

Veja a lista de locais com posto de coleta de material eletrônico

  • Zona Sul: Parques Ibirapuera; Independência; Chuvisco; Lina e Paulo Raia; Parque Burle Marx;
  • Zona Oeste: Parque Trianon; Parque Prefeito Mário Covas; Parque do Povo;
  • Zona Leste: Parque do Piqueri; Parque do Carmo;
You might be interested:  Paises Que Precisam De Engenheiro Eletricista?

Qual o valor do lixo?

O valor de cada um desses materiais oscila no mercado. Por exemplo, os 21.020 quilogramas de papelão comercializados em janeiro de 2015 geraram um valor de 5.885,00 à associação (R$0,28 por quilograma de papelão).

Qual o preço do lixo?

No mercado, o quilo do lixo reciclável varia de R$ 0,12, no caso do papel, até R$ 3,20, no caso das latinhas. Fazendo uma conta simples, caso nosso lixo fosse vendido a uma média de R$ 0,50 o quilo, no fim do ano isso geraria uma receita de R$ 75 por pessoa.

Como surge o lixo eletrônico?

Lixo Eletrônico e o Meio Ambiente O lixo eletrônico é produzido por materiais de origem inorgânica, por exemplo, cobre, alumínio, metais pesados (mercúrio, cádmio, berílio e chumbo). Além de poluir o ambiente, o contato com esses produtos pode acarretar em diversas doenças para os animais e os seres humanos.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *