Onde Sao Descartados Os Lixos Eletronicos?

  • O processo de descarte de lixos eletrônicos consiste, primeiramente, na retirada dos produtos. Sendo realizado este passo, tais resíduos são levados a uma estação de tratamento da respectiva empresa especializada no Descarte Ecológico. Após a retirada, é feita a triagem, que separará e classificará os resíduos eletroeletrônicos por tipo.

Onde e como descartar o lixo eletrônico?

Caso não haja algum suporte do fabricante nesse sentido, procure por pontos de descarte na sua própria cidade. Fazendo uma busca rápida pela internet é possível encontrar pontos de reciclagem desse tipo de descarte. Algumas prefeituras possuem programas próprios para o recolhimento desses resíduos.

Como é descartado o lixo eletrônico no Brasil e no mundo?

Há diferentes iniciativas criadas para auxiliar as pessoas a descartar o lixo eletrônico corretamente. A Abree tem em seu site um sistema para consulta de locais que recebem produtos eletrônicos e dão encaminhamento ambientalmente adequado. A associação conta com mais de 1,3 mil pontos de coleta.

O que pode ser feito com o lixo eletrônico?

Pequenos equipamentos e eletroportáteis: torradeiras, batedeiras, aspiradores de pó, ventiladores, mixers, secadores de cabelo, ferramentas elétricas, calculadoras, câmeras digitais, rádios, etc. Equipamentos de informática e telefonia: computadores, tablets, notebooks, celulares, impressoras, monitores e outros.

You might be interested:  Onde Comprar Produtos Eletronicos No Atacado?

Como é o descarte do lixo eletrônico no Brasil?

Apenas o Brasil descartou, em 2019, mais de 2 milhões de toneladas de resíduos eletrônicos, sendo que menos de 3% foram reciclados, de acordo com o relatório desenvolvido pela Universidade das Nações Unidas. A pesquisa mostrou que, no Brasil, 16% descartam com certa frequência algum eletroeletrônico no lixo comum.

Qual a importância de se descartar o lixo eletrônico da forma correta?

Isso porque, durante a sua decomposição, há formação de substâncias tóxicas que podem causar riscos à saúde e ao meio ambiente. Para fazer a sua parte, os itens que não têm mais utilidade podem ser entregues em postos de coleta ou nas lojas que comercializam produtos eletrônicos.

Porque o lixo eletrônico é perigoso?

O aparelhos mais comuns são portadores de quatro metais que podem ser extremamente perigosos para a saúde e para o meio ambiente. O mercúrio, o chumbo, o cromo e o cádmio. Isso sem contar que possuem alguns componentes, como o plástico, por exemplo, que demoram milhares de anos para se decompor.

Por que o Brasil é um dos países do mundo que mais gera lixo eletrônico?

Para se ter uma ideia, o Brasil é o maior produtor de lixo eletrônico da América Latina. A estimativa é que o País gere cerca de 1,5 milhão de toneladas por ano, sendo que apenas 3% do lixo eletrônico brasileiro é reciclado ou descartado de maneira adequada.

O que pode ser considerado lixo eletrônico?

O lixo eletrônico ou Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (REEE) são todos os dispositivos eletroeletrônicos, de celulares, tablets e computadores a TVs, lavadoras de louça e de roupa, geladeiras e etc., que foram descartados por seus donos.

O que pode ser feito para reduzir o lixo eletrônico?

4 dicas para diminuir a geração de lixo eletrônico

  1. Faça compras inteligentes! Muitos dos equipamentos parados resultam de compras por impulso.
  2. Cuide bem dos seus equipamentos eletrônicos.
  3. Doe os eletrônicos em bom estado.
  4. Faça o descarte correto de seu lixo eletrônico.
You might be interested:  O Que Cobre A Cobertura De Equipamentos Eletronicos?

Como é produzido lixo eletrônico?

O lixo eletrônico é produzido por materiais de origem inorgânica, por exemplo, cobre, alumínio e metais pesados (mercúrio, cádmio, berílio e chumbo), que compõem aparelhos profissionais ou domésticos atualizados constantemente, como computadores, tablets, monitores, teclados, impressoras, câmeras fotográficas,

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *