Uma das peças fundamentais de um motor é a árvore de cames. Saiba o que é e para que serve esta importante parte do motor.

Para um motor funcionar, precisa desta importante peça, a árvore de cames, conhecida também como árvore de comando, veio de excêntricos, veio de ressaltos ou ainda eixo de comando das válvulas.

 

O que é a árvore de cames?

A árvore de cames, localizada na parte superior do motor, é um veio em forma de cilindro, sobre o qual existem várias partes salientes, chamadas de “cames“, excêntricos ou ressaltos, cada um com a função de controlar a abertura e o fecho de uma válvula. É ainda composta por vários apoios, de forma a assegurar a sua estabilidade, durante as excessivas rotações a que é submetido na aceleração do motor.

 

arvore-de-cames-controlando-abertura-fecho-valvulas-animacao

Exemplo de uma parte da árvore de cames, com dois cames controlando a abertura e fecho de duas válvulas

 

Funcionamento

A rotação do veio de excêntricos (ou árvore de cames como já chamámos) depende do movimento da cambota, o veio principal situado na parte inferior do motor. A correia de distribuição vai ligar estas duas partes do motor – a árvore de cames e a cambota – permitindo assim a rotação e sincronismo de ambos.

A quantidade de combustível e oxigénio que circula pelo motor, é determinado pela abertura e fecho das válvulas. Estas, são forçadas a descer ou a subir, através das saliências existentes no veio de excêntricos, que empurram os tirantes (balanceiros ou balancins) e que por sua vez estes empurram as válvulas, provocando assim a abertura das válvulas de admissão e de escape do motor.

As válvulas voltam a fechar-se através de molas de retorno, que as fazem voltar para a posição inicial.

 

aspecto-de-uma-arvore-de-cames-veio-excentricos

Árvore de cames (árvore de comando de válvulas ou veio de excêntricos)

 

Outros artigos do seu interesse

- Como funcionam os amortecedores?
- Como funciona e que cuidados deve ter com o Airbag?
- O que é e como funciona o imobilizador eletrónico?

Tipos de motores e árvores de cames

Enquanto que nos motores a dois tempos não existe qualquer árvore de comando, já que o fluxo de gases é controlado através de janelas e não por válvulas, existem motores que podem ter 4 árvores de cames, como é o caso dos motores em V, com duas árvores para cada bloco de cilindros.

Existem ainda alguns motores com duas árvores de cames, situadas na cabeça do motor, uma que controla as válvulas de admissão e outra as válvulas de escape. Esta tipologia tem o nome de DOHC (dual overhead cam – “duas árvores de cames sobre a cabeça do motor”). Os motores que usam uma única árvore de cames tem o nome de SOHC (single overhead cam – “uma única árvore de cames sobre a cabeça do motor”).

De forma a maximizar a potência do motor e a reduzir o consumo de combustível, alguns construtores desenharam um sistema que consiga fazer uma distribuição variável, como é o caso do sistema VTEC da Honda, que consegue assim variar a abertura e fecho das válvulas.

 

Não perca outros artigos sobre as várias peças do motor do seu carro!