Como se forma o petróleo? Qual a constituição do petróleo? Quem são os maiores produtores e consumidores de petróleo do mundo?

A palavra petróleo, do latim “óleo de pedra” (petrae, pedra; oleum, óleo), é um composto que existe geralmente em arenito, rochas porosas que se encontram por baixo do fundo do mar.

De textura viscosa e cor escura, o petróleo é hoje em dia a principal fonte de energia ao serviço do homem, podendo a sua transformação resultar em combustível, fertilizantes, plásticos, tintas, borracha, entre outros.

Como se forma o petróleo?

O crude (petróleo bruto) resulta da morte de organismos ricos em carbono, como o plâncton e outros microrganismos, que viviam há milhares de anos em lagos, mares e oceanos. Ao morrerem, esses microrganismos ficaram comprimidos, num ambiente pobre em oxigénio, juntamente com outros sedimentos, como a argila, o silte e a areia. Apesar de este ser o processo científico da criação do petróleo, é importante dizer que essa matéria orgânica só se transforma em petróleo a uma temperatura que varia entre os 65° e 75°C. Isto significa que ao ser comprimido por novas camadas de sedimentos, a temperatura aumenta e essas camadas ficam cada vez mais próximas da Terra.

Assim sendo, podemos deduzir que o petróleo é originado por matéria orgânica, que ao estar em contacto com o calor e com a pressão, provocados pela acumulação das camadas de sedimentos, dão origem aos hidrocarbonetos (compostos químicos constituídos apenas por átomos de hidrogénio e carbono), potenciando assim reações químicas e originando o petróleo.

Depois de criado, o crude infiltra-se em rochas porosas e desloca-se para locais com menor pressão e continua o seu trajeto até encontrar outra rocha (desta vez não porosa) que o bloqueia, impedindo-o de continuar o seu percurso.

A perfuração da rocha que o estagnou é a única forma de aceder ao crude e bombeá-lo para a superfície, de forma a poder extrai-lo nas melhores condições.

 

Petróleo, estação petrolífera

 

Como é constituído o petróleo?

Este líquido oleoso e de cor escura, o petróleo, é composto essencialmente por hidrocarbonetos, ou seja, compostos que têm na sua constituição carbono e hidrogénio. Além destes constituintes, dele fazem parte outros compostos, como mostramos de seguida.

 

Os vários constituintes que fazem parte do petróleo são uma  mistura de vários compostos orgânicos, distribuindo-se com as seguintes proporções:

  • Carbono – 83% a 87%
  • Hidrogénio – 10% a 14%
  • Azoto – 0,1% a 2%
  • Oxigénio – 0,1% a 1,5%
  • Enxofre – 0,5% a 6%
  • Metais – inferior a 0,1%

Os maiores produtores de petróleo do mundo

Arábia Saudita - A Arábia Saudita é o país árabe do Médio Oriente que mais exporta produtos petrolíferos, podendo chegar aos nove milhões barris de crude por dia.

Rússia - A Rússia para além de ser o maior produtor de crude a nível mundial, é também o maior produtor e exportador de gás natural.

China - A China também pertence à lista dos maiores produtores de petróleo do mundo, chegando a produzir cerca de quatro milhões de barris de crude por dia.

 

Os maiores consumidores de petróleo do mundo

Estados Unidos da América – Os Estados Unidos da América são os maiores consumidores de petróleo, consumindo mais de 19 milhões de barris de petróleo todos os dias!

China – A China segue-se como o segundo maior consumidor de petróleo do mundo, gastando mais de 9 milhões de barris de petróleo todos os dias.

Japão – Em terceiro lugar segue-se o Japão, com um consumo médio de 4 milhões e meio de barris de petróleo a cada 24 horas.

 

 

Importância do petróleo para um país

O petróleo faz parte da base económica de um país, uma vez que ao deter o controlo das reservas petrolíferas, apresenta vantagens competitivas sobre importantes setores da economia interna (nomeadamente no transporte e produção de eletricidade) e da indústria, pela crescente participação no comércio internacional e pela exportação tanto de petróleo, como dos seus derivados.

 

Derivados do petróleo

Nas refinarias, o petróleo bruto é sujeito a uma série de processos até chegar aos seus produtos derivados, nomeadamente à gasolina, ao diesel ou aos lubrificantes.

Os petroquímicos são outros produtos também obtidos a partir do petróleo e têm como função substituírem uma grande quantidade de matérias-primas, como a madeira, o vidro, o algodão, os metais, a celulose, e até mesmo as de origem animal, como lã, o couro e o marfim.