Os carros eléctricos são cada vez mais eficientes, rápidos e amigos do ambiente. No artigo de hoje vamos falar sobre como funcionam os carros eléctricos e as principais vantagens e desvantagens destes veículos do futuro.

O primeiro carro eléctrico

Os carros eléctricos não são uma tecnologia dos dias de hoje. O primeiro veículo eléctrico surgiu há mais de 100 anos atrás, em 1900, pelas mãos de Ferdinand Porsche, que construiu o Lohner-Porsche, um carro que dispunha de um motor eléctrico em cada roda. Esta ideia é discutida nos dias de hoje, como sendo uma das melhores possíveis hipóteses nos futuros carros eléctricos, já que isto representaria um menor número de peças móveis e assim, menos peso, eficiência, autonomia e carros mais baratos.

 

Porque está demorada a evolução dos carros eléctricos?

Esta é uma pergunta que muitos certamente fazem. Um dos maiores problemas que tem impedido uma maior evolução dos carros eléctricos, está no facto de descobrir a forma mais eficiente de guardar e gerar a energia necessária para fazer mover estes veículos.

As baterias tradicionais são pesadas, volumosas e pouco eficientes, daí não serem uma boa opção para carros que se querem eficientes e rápidos. No entanto, têm se desenvolvido novas baterias, muito mais leves e eficientes, como as de nanotitanato e as células de iões de lítio, semelhantes às dos nossos telemóveis.

 

Os motores dos carros eléctricos

A evolução dos motores dos carros eléctricos já sofreu grandes inovações. Os motores com escovas e peças mecânicas, que sofrem desgaste, deram lugar a motores de corrente alterna, sem escovas, que funcionam também como travões que geram energia, tal como explicámos num recente artigo sobre a travagem regenerativa.

Com tudo isto, já se conseguiram veículos com autonomia igual e até superior aos veículos convencionais, alimentados a combustível.

 

carro-veiculo-electrico

 

Vantagens dos veículos eléctricos

Menos impostos  - Os carros eléctricos pagam menos de imposto automóvel e os seguros a eles associados são, regra geral, bem mais baratos que os seguros dos outros automóveis.

Mais economia - Um condutor que faça cerca de 19 mil quilómetros por ano, pode poupar mais de 100€ todos os meses em combustível. Carregar completamente uma bateria de um veículo eléctrico é mais barato que 2 cafés!

Mais ecológicos – Como todos sabemos, os veículos eléctricos não produzem fumo, emitindo apenas cerca de um terço de dióxido de carbono relativamente aos veículos movidos a gasolina.

Muito silenciosos - Os carros eléctricos são super silenciosos, ouvindo-se apenas uma espécie de “assobio”, enquanto o motor acelera. Apesar da maior parte dos condutores gostarem do conforto aliado ao silêncio, existem outros, mais entusiastas, que gostam de ouvir o “roncar” do motor, principalmente em carros mais potentes e desportivos. Este “problema” está a ser estudado por empresas que já colocaram sistemas de áudio no interior do carro, para simular o barulho do motor e no exterior do carro, para ser mais perceptível para os peões.

 

Desvantagens dos veículos eléctricos

Veículos mais caros - Infelizmente os veículos eléctricos têm um preço muito superior aos veículos a combustíveis fósseis. Espera-se, que com o evoluir das tecnologias e que uma maior procura, façam descer os preços deste tipo de veículos.

Baterias a preço elevado - Os veículos eléctricos têm ainda o inconveniente de, tal como acontece com todas as baterias, precisarem de uma nova bateria sempre que estas atinjam o limite máximo de cargas e descargas. Se tem um veículo deste tipo, prepare-se para gastar algumas centenas de euros quando houver a necessidade de fazer a substituição das baterias, que têm uma duração de aproximadamente 3 a 5 anos.

Locais para carga das baterias – Apesar de já existirem muitos pontos de carregamento nas ruas e centros comerciais, por exemplo, estes continuam a ser escassos em locais menos urbanizados. Contudo, está previsto um aumento do número de postos para recarga das baterias. Este problema não é relevante para quem tem a possibilidade de fazer as recargas junto das suas casas.

 

Artigos que poderá gostar:

Como usar correctamente as baterias de lítio
- Quanto tempo duram as peças do motor do seu carro

 

carro-veiculo-electrico-bateria-carga

Como se carregam os veículos eléctricos?

Carregar uma bateria de um veículo eléctrico é basicamente igual a carregar o seu telemóvel ou a máquina de barbear, ou seja, basta ligar à tomada que após umas horas terá as baterias totalmente carregadas. De todas as formas, nem sempre é possível esperar várias e várias horas até que tenhamos de novo uma autonomia completa, razão pela qual estão a ser desenvolvidas novas tecnologias de carga mais rápida e eficiente, aplicada a baterias mais modernas.

As baterias de células Nanosafe, conseguem passar da fase de descarregadas a completamente carregadas em apenas 10 minutos! Além desta espantosa rapidez na carga, não é necessário qualquer tipo de cabo para isto acontecer. Basta estacionar o veículo sobre uma plataforma de indução para ser transmitido, através de um campo magnético, a energia necessária para carregar as baterias do veículo. Este tipo de tecnologia já existe também para telemóveis, onde também não é necessário qualquer cablagem para as recargas das baterias.

 

Não perca o próximo artigo, onde vamos apresentar os melhores e mais rápidos veículos eléctricos do mundo!