Já imaginou existir um novo sistema solar, com 7 planetas em órbita e muito semelhante ao nosso? Não precisa de imaginar porque ele existe e foi descoberto por cientistas estrangeiros e dois portugueses. Saiba mais sobre esta descoberta bastante interessante.

Todos nós somos fascinados pelo Universo, pelas ciências e pelo desconhecido. Qual de nós não sonhou já com a hipótese de por exemplo viajar no tempo e será que existe alguém que não fica boquiaberto quando ouve falar de corpos gigantes do universo e da imensidão que está muito além daquilo que conseguimos imaginar?

Muito em breve já será possível fazer viagens espaciais, mas de curta distância e ainda estamos a muitos anos de distância de poder visitar outros planetas. No entanto, e através de avançadas tecnologias, são encontrados todos os dias novas estrelas, planetas e até sistemas solares!

Telescópio ESO

Vários cientistas, que constituem um grupo de caçadores de planetas, dois dos quais portugueses, encontraram o sistema solar mais parecido ao nosso sistema solar. Através de um avançado aparelho de nome HARPS, instalado no Chile, no telescópio do ESO (Observatório Europeu do Sul), a equipa conseguiu encontrar um sistema de planetas muito semelhante ao nosso. Este sistema encontra-se a 127 anos-luz de distância da Terra, na constelação do hemisfério Sul Hydrus.

Os cinco planetas captados por este aparelho, são de grandes dimensões, com massas até 25 vezes a massa da Terra! Acredita-se que são planetas gasosos e conseguiu-se descobrir que dão uma volta completa à sua estrela entre 6 a 600 dias terrestres.

Além destes cinco planetas, tudo indica que existam ainda outros dois planetas. Um deles deverá ser muito semelhante a Saturno, a uma distância muito próxima do seu sol e com uma massa muito semelhante à da Terra, cerca de 1,4 vezes superior. Terá uma órbita de cerca 1,18 dias terrestres. Este será o planeta mais pequeno alguma vez descoberto, fora do nosso sistema solar. Além deste ‘pequeno’ planeta existe outro ainda, enorme, com 65 vezes a massa da Terra e com uma órbita de 2200 dias!