Todos os sites importantes e de muito tráfego usam um servidor dedicado. Existem ainda os servidores dedicados, ou servidores de hospedagem e servidores de alojamento dedicado e os mainframes, mas qual a diferença entre eles?

SERVIDOR:

Antes de falarmos em servidores dedicados, convém ter uma noção do que é um servidor.
Em termos informáticos, um servidor é um sistema (um computador por exemplo) ao qual são conectados vários computadores – chamados clientes. Esta ligação permite o acesso a arquivos ou a correio electrónico, entre os vários dispositivos. Servidor de um banco

Estabelece-se, portanto, uma ligação tipo cliente-servidor.

Um servidor poderá ser, por exemplo, um conjunto de computadores, ligados em rede a outros computadores, e fornecendo-lhes determinado tipo de serviço. Ou poderá ser ainda um determinado programa, ou um conjunto de discos de armazenamento de dados ou qualquer outro tipo de dispositivo, que não seja necessariamente um computador.

A evolução das empresas que usam redes informáticas, aliada a um aumento da utilização da Internet, entre utilizadores e profissionais, ou até entre profissionais, foi uma das razões que levou ao desenvolvimento e melhoramento dos servidores e da sua tecnologia. Este tipo de evolução, permitiu a diminuição do uso dos mainframes.

MAINFRAME:

Mainframe é como um grande computador, dotado de inúmeros processadores, servindo de   apoio aos processadores principais. Mainframe IBMÉ capaz de trabalhar com grande volume de informação e a uma grande velocidade. Permite o processamento de dados de milhares de usuários que possam a ele estar conectado, quer directamente ou por rede, sempre com um extremo nível de segurança. Um mainframe tem a capacidade de executar tarefas onde se exige uma disponibilidade de muita informação interna ou externa ao seu sistema, como grandes base de dados, de por exemplo, cartões de crédito, contas bancárias, passagens de avião, entre tantas outras.

Bancos e universidades, são exemplos onde se pode encontrar este tipo de equipamento. Têm a vantagem de permitir o uso de programas mais antigos e de ser compatíveis com outros programas mais recentes.

Os servidores PC e os servidores Unix, têm vindo a substituir os mainframes, já que estes têm um custo muito elevado, ocupam muito espaço e precisam de condições especiais de refrigeração.

SERVIDOR DEDICADO:

Um servidor dedicado, também chamado de servidor de alojamento dedicado ou ainda de servidor de hospedagem é um conjunto de sistemas com determinadas características, configuradas para o tipo de função a realizar, que pode ser desde o alojamento de arquivos, emails, fóruns ou páginas da Internet. Além da alta segurança e sigilo na informação, um Servidor dedicado servidor dedicado permite ainda uma alta performance na gestão de todos os seus conteúdos. Dispõe também de dispositivos de alta segurança, como geradores próprios, para o caso de falta de energia e de pessoal especializado na sua manutenção. Um servidor dedicado está permanentemente em funcionamento e está ligado a uma ligação de alta velocidade, a uma empresa ou a um data center (central de dados). A ele está sempre aliado um serviço de administração do servidor propriamente dito, para a manutenção e supervisionamento do mesmo.

Existe hoje em dia várias opções de servidores dedicados – para o simples usuário que seja proprietário de um blog ou de um site ou de uma grande empresa ou site, com grande volume de tráfego. Estes servidores são hospedados em centrais de dados, em diferentes partes do mundo e com pacotes a diferentes preços, conforme a necessidade do utilizador, tanto a nível de segurança, como a nível da quantidade de informação a hospedar. Qualquer pessoa poderá ter acesso a um servidor dedicado, através do pagamento de uma mensalidade ou anuidade, tendo acesso ao alojamento de toda a informação de um blog pessoal ou de ficheiros, disponíveis constantemente, com segurança e a partir de qualquer lugar do mundo.

Qualquer pessoa poderá montar o seu próprio servidor. Contudo terá os seus pontos fracos, principalmente em termos de fiabilidade, em termos de velocidade de download e upload de ficheiros e também ao nível de desempenho.

Um servidor dedicado poderá ter um custo mais elevado, caso haja a necessidade de um maior volume de tráfego e de uma maior segurança no alojamento da informação. Justifica-se o seu uso em empresas que necessitem de servidores com estas características, já que têm sempre os seus dados assegurados e disponíveis 24 horas e a uma enorme velocidade de processamento.

Antigamente, chamava-se servidor dedicado a um servidor numa rede local, que basicamente partilhava ficheiros e impressoras.

Um servidor dedicado é sempre administrado remotamente e cada vez mais de uma forma simples e acessível a qualquer utilizador. Existem várias ferramentas que facilitam a sua gestão, como o phpMyadmin, Webmin, entre tantas outras, disponíveis a partir de um browser como o Internet Explorer, por exemplo.