Um dos factores a ter em conta na escolha de um ferro de soldar, é logicamente a sua potência de funcionamento. Existem inúmeras potências de ferros de soldar e por isso devemos escolher a potência adequada afim de realizarmos com sucesso o trabalho em questão.

Como dizia, existem várias potências de ferros de soldar, conforme a finalidade a que se destinam. Quando falei do funcionamento do ferro de soldar, poderam constatar da existência da resistência interna do mesmo, que determina a potência de aquecimento dos ferros de soldar.

Resistências para ferros de soldar - 40 watts até 350 watts

Ferro de soldar de 5 Watts:

São normalmente alimentados por uma pilha ou então por um transformador de 6 volts. O tempo de aquecimento é muito rápido, cerca de 20 segundos e são muito leves e pequenos. São usados em soldaduras delicadas, realizadas ao microscópio.

Ferro de soldar de 16 Watts:

Têm um tamanho um pouco maior que os ferros de soldar anteriores. O tempo de aquecimento é de aproximadamente 1 minuto e a ponta atinge temperaturas de 360 graus centígrados. São ideais para soldaduras de componentes mais sensíveis e mais pequenos como circuitos integrados ou transístores.

Ferro de soldar de 25 Watts:

São os ideias para as soldaduras de todos os componentes electrónicos em geral. Aquecem em mais ou menos 2 minutos e a temperatura da ponta atinge os 360 graus centígrados.

Ferro de soldar de 40 Watts:

São ferros mais potentes e são usados em circuitos eléctricos menos delicados. O seu tempo de aquecimento é de mais ou menos 50 segundos e a ponta atinge uma temperatura de 380 graus centígrados.

Ferro de soldar de 60 Watts:

São usados em soldaduras que exijam mais potência de aquecimento, como por exemplo, em ligações a grandes superfícies metálicas. Demoram mais tempo a aquecer e a sua ponta atinge os 400 graus centígrados.

Para soldaduras mais delicadas, em circuitos impressos com semicondutores, os ferros de soldar mais indicados são os de potência entre os 15 e 30 watts, do tipo lápis por se adaptarem facilmente à mão e por serem pequenos.

Ferro de Soldar de 25 watts

Para soldaduras menos delicadas, em circuitos eléctricos, com fios condutores ou terminais metálicos, os ferros de soldar mais indicados são os que têm potências entre os 40 e 90 watts.

Ferro de Soldar de 60 watts