O universo sempre nos fascinou. O ser humano tem um enorme desejo em explorar o espaço ficando fascinado com a imensidão do mesmo. Para impressionar-vos, deixarei aqui algumas dimensões, medidas e distâncias dos maiores corpos encontrados no nosso Universo.

O Maior Planeta no Sistema Solar:

Planeta Jupiter Júpiter é o maior planeta no nosso Sistema Solar. É também o quinto planeta do sistema solar e com um diâmetro de de 143884 quilómetros e tem uma massa equivalente a mais de 300 planetas Terra.
A sua temperatura é de sensivelmente 108 graus celsius negativos e a sua atmosfera composta essencialmente por hidrogénio (88 a 92%) e hélio (8 a 12%).
A distância de Jupiter ao Sol é de 778 milhões de quilómetros, ou seja, cinco vezes mais longe do que o nosso Planeta. Este planeta completa em 11,86 anos uma órbita completa em torno do sol, tendo por isso o dia de menor duração, de apenas 9h55min.

A Maior Estrela:

Comparação entre o tamanho do Sol e da Estrela VY Canis Majoris.jpg Apesar das dificuldades físicas em medir com precisão uma estrela distante, existe uma candidata a ser a maior estrela até hoje descoberta.

Vários astrónomos da Universidade de Minnesota, estimaram que esta supergigante vermelha, baptizada de VY Canis Majoris, se encontra a 5000 anos-luz de distância e tem um diâmetro total entre 2,5 a 3 milhões de quilómetros, ou seja, 2100 vezes maior que o Sol.

Existem duas teorias sobre esta estrela. Uma que é uma estrela hiper-gigante, de grande dimensões e luminosidade e outra de que é uma super-gigante normal, com um raio de aproximadamente 600 raios solares.

Esta estrela tem o volume de quase 3 biliões volumes do Planeta Terra e sabe-se que já perdeu mais ou menos metade da sua massa, com o seu fim previsto para aproximadamente 3200 anos.

A Maior Constelação:

Constelação Hydra Das 88 constelações conhecidas, a constelação Hydra (ou Serpente do Mar) é a maior constelação descoberta até aos dias de hoje. Esta constelação, do hemisfério celestial sul e interceptada pelo equador celeste, cobre aproximadamente 3,16% da totalidade do céu, tendo pelo menos 68 estrelas visíveis a  olho nú.

Com 1303 graus quadrados, esta é a maior das 88 constelações. Apesar do seu imenso tamanha, tem apenas uma única estrela brilhante, a Hya, também conhecida como Alphard.

As constelações mais próximas da constelação Hydra são a Leo, Cancer, Canis Minor, Monoceros, Puppis, Pyxis, Antlia, Centaurus, Libra, Virgo, Corvus, Crater e Sextans.

O Maior Cometa:

CometaUm cometa é um corpo de menores dimensões, que orbita à volta do Sol. Ao aproximar-se deste, o cometa apresenta uma atmosfera difundida, chamada de coma e ainda uma cauda, existentes pelo efeito dos radiação do sol no núcleo do cometa.

O maior cometa descoberto até aos dias de hoje tem o nome de Centauro Chiron 2060.

Este cometa foi encontrado em Maio de 1977 e tem um diâmetro de . Tem 182 mil quilómetros de diâmetro, ou seja, cerca de 14 vezes maior que o diâmetro do planeta Terra.

A Maior Galáxia Satélite:

Galáxias Satélite da Via Láctea Para quem não sabe, uma galáxia-satélite é uma galáxia menor que orbita em torno de outra maior e principal. Por isso, uma galáxia principal pode ter várias galáxias satélites.

Até hoje descobriram-se 15 galáxias satélites que orbitam a Via Láctea, sendo a mais recente, descoberta em 2006. A maior e a mais brilhante Galáxia Satélite é a Nuvem de Magalhães, que dista cerca de 160 mil anos luz do centro da Via Láctea. O seu diâmetro é de cerca de 20 mil anos-luz e tem uma massa 10 mil milhões de vezes maior que a massa do Sol.

A Maior Galáxia Espiral:

Galáxia em espiral Descoberta em 1986, Malin 1 é a maior galáxia em espiral do universo, conhecida até aos nossos dias.

Esta grande galáxia, em forma de espiral, mede cerca de 650 mil anos-luz de diâmetro e está a uma distância de nós de cerca 1,1 mil milhões de anos-luz.

A Maior Nebulosa Vista da Terra:

Os pilares da criação As nebulosas não são nenhum corpo em especial, mas tão somente um grande aglomerado de nuvens de poeira, plasma e hidrogénio. São regiões onde se dão formações estelares e criam bonitas imagens, como é o caso desta famosa foto da Nasa: “Os Pilares da Criação”.

Não visível a olho nú, a maior nebulosa vista da terra é a gigante nuvem de hidrogénio molecular com o nome de Arco de Barnard. Dista de nós cerca de 1600 anos-luz e tem um diâmetro de 300 anos-luz. As conhecidas nebulosas de Orion e da Cabeça de Cavalo estão englobadas nesta gigante nebulosa.

O Maior Cume no Sistema Solar:

Maior cume no Sistema SolarO maior cume descoberto encontra-se na Lua de Saturno e foi observado pela nave espacial Cassini-Huygens da Nasa/Esa no ano de 2004.

Tem uma altitude acima da superfície de cerca de 20 quilómetros e tem no mínimo 1300 quilómetros de comprimento.

A Montanha mais Alta do Sistema Solar:

A montanha mais alta do Sistema Solar chama-se Olympus Mons e está localizada no Planeta vizinho, o Planeta Marte.

Esta enorme montanha é 3 vezes mais alta que o Monte Evereste elevando-se cerca de 25 quilómetros acima da superfície.

Montanha mais alta do Sistema Solar

A Maior Colecção de Asteróides:

Asteróides

O  principal e o maior cinturão de Asteróides contém entre 700 mil a 1,7 milhões de asteróides que têm no mínimo 1 quilómetro transversalmente e milhares de outros corpos mais pequenos. Situa-se entre as órbitas de Marte e Júpiter e tem uma massa equivalente a 4% da massa Lunar, sendo metade desta massa ocupada pelos 4 maiores asteróides.