Neste post explicarei de forma resumida, as principais diferenças e as principais características entre os fios condutores eléctricos e os cabos condutores eléctricos.

Quando usar um fio ou um cabo condutor? Quais as principais diferenças entre eles?

CARACTERÍSTICAS DOS CONDUTORES ELÉCTRICOS

Tanto o fio condutor como o cabo condutor eléctrico, são utilizados para transportar a energia eléctrica (corrente eléctrica) de um ponto para outro ponto de um aparelho ou de um circuito. Os fios condutores ou os cabos condutores eléctricos são feitos de cobre e também de alumínio, pois como todos nós sabemos, o cobre e o alumínio são metais com excelentes características condutoras de electricidade e a um preço bastante acessível, principalmente o alumínio. Afim de facilitar a sua soldadura, estes condutores são muitas vezes estanhados, ou seja, são cobertos por uma pequena camada de estanho.
A secção, ou a “espessura” de um fio ou de um cabo condutor, depende da quantidade de electricidade que este terá que suportar. Tal como um cano de água terá que ser mais largo (ou ter maior secção) se por ele tiver que passar mais água, assim também terá um fio ou cabo condutor que ter maior secção se por este tiver que passar uma maior quantidade de electricidade, ou intensidade de corrente eléctrica.
Secções de cabos eléctricos

Pode-se ainda dizer que existem condutores com variadas secções e com múltiplas configurações. Como exemplo posso salientar os condutores unifiliares (de um só fio), os condutores bifilares (de dois fios), os condutores trifilares (de três fios), etc.

ISOLAMENTO DOS CONDUTORES

Num circuito eléctrico podem-se usar condutores desnudados quando não existir a possibilidade de contacto eléctrico entre eles. Têm o nome de desnudados quando não é usado qualquer material isolante para os cobrir. Como é óbvio, estes condutores têm um preço mais baixo.
Quando existe a possibilidade de existir algum tipo de contacto entre os condutores, estes terão que ser cobertos por um material isolante. Os materiais isolantes mais usados na cobertura dos condutores são o policloreto de vinilo e o teflon (plásticos).
Tal como um condutor terá que ter maior secção se por ele passar uma corrente eléctrica maior, também este terá que ter um isolamento com mais espessura se nele estiver presente uma tensão ou voltagem de maior valor.

Cabo coaxial com revestimento de malha de cobre
Certos condutores podem irradiar ou captar energia eléctrica. Quando isto acontece, funcionam como antenas. Quando não se pretende que isto aconteça, utilizam-se condutores cobertos de uma malha de cobre flexível que fica por cima do isolamento dos condutores que evita que estas radiações sejam emitidas ou captadas.

FIO CONDUTOR ELÉCTRICO

Um fio condutor é formado por um só fio, com uma secção muito pequena em relação ao comprimento que tem.
Devido à sua rigidez é mais fácil de partir se for dobrado algumas vezes por isso só são utilizados em situações em que não vão ser submetidos a dobragens.
Fio Condutor Eléctrico Como exemplo temos os condutores que passam no interior das paredes das nossas casas, onde são introduzidos em tubos plásticos e permanecem inamovíveis.

CABO CONDUTOR ELÉCTRICO

Um cabo condutor é formado por vários fios condutores, entrelaçados uns nos outros.
São flexíveis e suportam muitas dobragens sem nunca se quebrarem. São por isso utilizados na ligação entre duas partes de um circuito que podem mudar de posição e que estão, por isso, submetidos a esforços de dobragem.
Cabo condutor eléctrico Podemos encontrar cabos eléctricos em todos os aparelhos electrodomésticos, na ligação destes às tomadas da rede eléctrica. Se aqui fossem utilizados fios, o uso contínuo acabaria por quebrá-los.