Olá a todos.
Desde já as minhas desculpas para quem estava à espera da parte 2 da historia da electricidade. Para quem ainda não leu, poderá começar pela primeira parte da história da electricidade.

Como eu dizia, Benjamin Franklin foi o criador do pára-raios, que ainda é usado nos dias de hoje. Além dos cientistas que se falou aqui, muitos outros fizeram descobertas de grande valor no estudo das cargas.

O século XIX foi marcante para muitas e importantes descobertas, uma das quais foi a electricidade.

Pilha eléctrica de Alessandro Volta Logo no início, em 1800, foi inventada a pilha eléctrica, por Alessandro Volta, que, pelas mãos de outros pesquisadores, foi adaptada ao uso prático.
Em 1820 André-Marie Ampere fez demonstrações entre correntes paralelas e o importante e conhecido cientista Michael Faraday, em 1831 fazia grandes descobertas que permitiram a evolução do motor eléctrico, do transformador e do dínamo.
As descobertas sobre a capacidade de certos materiais conduzirem energia estática, feitas por Cavendish em 1775, foram desenvolvidas pelo físico Georg Simon Ohm. Do seu nome provém a Lei de Ohm que ainda hoje é usada em todos os projectos eléctricos e electrónicos.
O comportamento eléctrico e magnético dos materiais foi formulado por James Clerk Maxwell que assim encerra o caminho da história da electricidade.

Com os novos conhecimentos adquiridos até à altura, no final do século XIX, mais específicamente em 1873, o cientista Zénobe Gramme constatou que através de cabos condutores aéreos, era possível fazer a transmissão de electricidade, de um até a outro ponto.
Lâmpada incandescente de Thomas Edison

Somente seis anos depois, o famoso Thomas Edison inventa a lâmpada incandescente e dois anos mais tarde é construída em Nova Iorque a primeira central de energia eléctrica com sistema de distribuição da rede eléctrica.

Em 1890, e com a descoberta do electrão por Joseph John Thomson, estabelece-se um marco de transição da ciência da electricidade para a ciência da electrónica que fez com que o avanço tecnológico se tornasse ainda mais acelerado.

E assim podemos concluir resumidamente a história da electricidade que cada vez mais faz parte das nossas vidas e por ser tão comum, já mal nos lembramos dela.

Podem contar com mais curiosidades e estudos neste site.
Espero que tenham gostado.